Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Raramente produzo pensamentos bélicos, exceptuando talvez naqueles momentos em que alguém me endereça um "Capisce?" no final de uma frase. O facto de uma pessoa dedicar parte do seu tempo e poder de argumentação a explanar determinado acontecimento para depois complicar o raciocínio alheio com uma expressão estrangeira é, no mínimo, contraditório. Certamente que um estrangeirismo outrora usual na Mafia italiana não me vai iluminar o pensamento ao ponto de me fazer entender perfeitamente a essência de um discurso, antes pelo contrário, a parvalhice de tal expressão faz-me esquecer por completo o que foi dito anteriormente.

Autoria e outros dados (tags, etc)

escarnecido às 23:44





Pesquisar

  Pesquisar no Blog