Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Quando por exemplo ligamos a uma pessoa e a convidamos a vir a nossa casa, por que razão é necessário essa pessoa, no momento de nos entrar porta adentro, debitar a questão «Posso?» mesmo antes de fazer tocar um dos pés no piso anfitrião? De imediato dá logo uma vontade de dizer algo como «Olhe, telefonei-lhe, convidei-o, abri-lhe a porta, mas agora que pondero melhor não sei se será boa ideia prosseguirmos. Se calhar ficamos por aqui e debatemos as questões na soleira desta porta, que tal?». Mas claro a bravura fica encravada e o que geralmente sai é um «Faça favor» ao que a pessoa responde prontamente «Então com licença» e avança com um cuidado tão absurdamente idiota como quem não quer fazer estalar o chão de mármore. E mais uma vez os fait-divers comunicativos ergueram a taça...

Autoria e outros dados (tags, etc)

escarnecido às 20:59


3 reclamações

Imagem de perfil

De antiego a 27.06.2008 às 14:21

Também não gosto de etiquetas, mas... pelo sim pelo não... tá a usar, ainda ficam a penar que sou mal educadi.
Sem imagem de perfil

De Paty a 24.07.2008 às 12:47

é tudo uma questão de educação!
Sem imagem de perfil

De o meu nome a 23.10.2010 às 21:34

De certeza que foi você que escreveu isto ?
Está bastante cómico e real .
Também não concordo com tamanha educação , não que não a tenha , mas existem coisas desnecessárias .
Finalmente concordo com algo que escreveu ...

Comentar reclamação





Pesquisar

  Pesquisar no Blog