Domingo, 22 de Junho de 2008
Sobre o realismo das novelas

A forma como a informação é processada nas novelas é fantástica. Principalmente quando uma personagem recebe um telefonema e, depois de trocar meia dúzia de palavras durante 5 segundos com o interlocutor que - supostamente - está do outro lado, é capaz de debitar a história completa de uma vida:
- Estou… sim, diz… o quê?? Vou já para aí!
- O que se passa? – pergunta alguém ao lado
- O José foi preso! Aparentemente estava alcoolizado enquanto conduzia, não conseguiu travar a tempo numa passadeira e atropelou duas crianças. Foi atropelamento e fuga mas mais tarde a polícia apanhou-o depois de uma perseguição que durou cerca de 20 minutos. Por enquanto não se sabe mais nada. Vou para lá!
 



publicado pelo Escarnecedor às 23:19
link do escárnio | reclamar | favorito

1 reclamação:
De Podem tratar-me por vizinha... a 13 de Dezembro de 2008 às 09:53
Lol, está giro...


Comentar reclamação

Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
últimos 20 escárnios

Sobre a Ideia Casa

Sobre o verão

Sobre o tuning feminino

Sobre os comentadores pol...

Sobre as modas

Sobre os sanitários públi...

Sobre as pessoas que gost...

Sobre as «Sluts»

Sobre os corta-unhas

Sobre Tiago Bettencourt (...

Sobre os desconhecidos

Sobre os nomes próprios (...

Sobre as agências de viag...

Sobre o "Capisce"

Sobre Cavaco Silva (III)

Sobre a prostituição

Sobre a imprensa cor-de-r...

Sobre o "Cólicêça"

Sobre as informações de t...

Sobre Tiago Bettencourt (...

arquivos

Outubro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

subscrever feeds
e-mail

escarnecedor@sapo.pt

twitter

http://twitter.com/escarnecedor