Sexta-feira, 28 de Janeiro de 2011
Sobre os sanitários públicos

Quando o intestino grosso fica enfartado não há nada mais enriquecedor do que recorrer a um sanitário de um centro comercial para ali defecar em comunidade, onde cada um tem a possibilidade de partilhar em simultâneo os seus efeitos sonoros de libertação e respectivos odores pútridos. E quando a tarefa está concluída basta higienizar os acessos ao recto, lavar as mãos e abandonar o local com um sentimento de dever cumprido para com a sociedade.



publicado pelo Escarnecedor às 00:17
link do escárnio | reclamar | favorito

2 reclamações:
De Fátima Soares a 2 de Agosto de 2012 às 15:03
Simplesmente brilhante! Adorei.


De NunoBarros a 7 de Agosto de 2012 às 04:26
Ahahahah ja li e reli tudo.
Mas com este ri-me mesmo muito.
E este n foi dar ao mesmo!


Comentar reclamação

Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
últimos 20 escárnios

Sobre a Ideia Casa

Sobre o verão

Sobre o tuning feminino

Sobre os comentadores pol...

Sobre as modas

Sobre os sanitários públi...

Sobre as pessoas que gost...

Sobre as «Sluts»

Sobre os corta-unhas

Sobre Tiago Bettencourt (...

Sobre os desconhecidos

Sobre os nomes próprios (...

Sobre as agências de viag...

Sobre o "Capisce"

Sobre Cavaco Silva (III)

Sobre a prostituição

Sobre a imprensa cor-de-r...

Sobre o "Cólicêça"

Sobre as informações de t...

Sobre Tiago Bettencourt (...

arquivos

Outubro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

subscrever feeds
e-mail

escarnecedor@sapo.pt

twitter

http://twitter.com/escarnecedor