Terça-feira, 10 de Agosto de 2010
Sobre o "Capisce"

Raramente produzo pensamentos bélicos, exceptuando talvez naqueles momentos em que alguém me endereça um "Capisce?" no final de uma frase. O facto de uma pessoa dedicar parte do seu tempo e poder de argumentação a explanar determinado acontecimento para depois complicar o raciocínio alheio com uma expressão estrangeira é, no mínimo, contraditório. Certamente que um estrangeirismo outrora usual na Mafia italiana não me vai iluminar o pensamento ao ponto de me fazer entender perfeitamente a essência de um discurso, antes pelo contrário, a parvalhice de tal expressão faz-me esquecer por completo o que foi dito anteriormente.



publicado pelo Escarnecedor às 23:44
link do escárnio | reclamar | favorito

Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
últimos 20 escárnios

Sobre a Ideia Casa

Sobre o verão

Sobre o tuning feminino

Sobre os comentadores pol...

Sobre as modas

Sobre os sanitários públi...

Sobre as pessoas que gost...

Sobre as «Sluts»

Sobre os corta-unhas

Sobre Tiago Bettencourt (...

Sobre os desconhecidos

Sobre os nomes próprios (...

Sobre as agências de viag...

Sobre o "Capisce"

Sobre Cavaco Silva (III)

Sobre a prostituição

Sobre a imprensa cor-de-r...

Sobre o "Cólicêça"

Sobre as informações de t...

Sobre Tiago Bettencourt (...

arquivos

Outubro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

subscrever feeds
e-mail

escarnecedor@sapo.pt

twitter

http://twitter.com/escarnecedor