Quarta-feira, 31 de Março de 2010
Sobre os erros de fabrico

Os portugueses preocupam-se com temas sobrevalorizados, tais como o Pacto de Estabilidade e Crescimento, a taxa de desemprego de 10%, entre outras questões acessórias. Mas o que é verdadeiramente preocupante é o estado a que a indústria sanitária chegou. São lamentáveis os sucessivos erros de fabrico que hoje em dia detectamos no papel higiénico. Desde a inexistência de picotado até a folhas que se rasgam ao descolar, logo na primeira utilização. Temo que este desmazelo por parte das empresas em questão chegue ao ponto em que começarão a negligenciar o processamento da pasta de papel e, brevemente, em vez de pacotes com rolos de papel, estaremos a adquirir rudes cascas de árvore embaladas para higienizar a região anal. Um autêntico retrocesso civilizacional.



publicado pelo Escarnecedor às 00:00
link do escárnio | reclamar | favorito

Outubro 2013
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


pesquisar
 
últimos 20 escárnios

Sobre a Ideia Casa

Sobre o verão

Sobre o tuning feminino

Sobre os comentadores pol...

Sobre as modas

Sobre os sanitários públi...

Sobre as pessoas que gost...

Sobre as «Sluts»

Sobre os corta-unhas

Sobre Tiago Bettencourt (...

Sobre os desconhecidos

Sobre os nomes próprios (...

Sobre as agências de viag...

Sobre o "Capisce"

Sobre Cavaco Silva (III)

Sobre a prostituição

Sobre a imprensa cor-de-r...

Sobre o "Cólicêça"

Sobre as informações de t...

Sobre Tiago Bettencourt (...

arquivos

Outubro 2013

Agosto 2012

Julho 2012

Abril 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Setembro 2010

Agosto 2010

Julho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Novembro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

subscrever feeds
e-mail

escarnecedor@sapo.pt

twitter

http://twitter.com/escarnecedor